Divagação

Amarr as

Então a gente escolhe permanecer com as amarras. Aperto que nos põe mais perto de quem sejamos. Confundimo-nas com o amar-se (cada qual a si). Sempre melhor lidar com o esperado, ainda que ruim. Tememos lonjuras. E o desespero. Tememos nos perder de nós mesmos… Soltas as amarras, a linha que nos delimita nos desdesenhar e, assim, nessa espécie de desdém de nosso próprio destino, assumirmos (o a- em veemente oposição a sumirmos) o desatino de nossa própria descoberta.

Anúncios
Padrão

Ex-me Aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s